terça-feira, outubro 4, 2022

REUNIÃO DA COE BRADESCO/CONTEC COBRA DO BANCO SOBRE O FECHAMENTO DE AGÊNCIAS E DEMISSÕES

Foi realizada ontem (1º), reunião virtual da COE (Comissão de Organização dos Empregados) do Bradesco da Contec (Confederação Nacional dos Trabalhadores de Crédito) e o Banco Bradesco S/A, para tratar de diversos assuntos de interesse da categoria.

A reunião foi conduzida pelo coordenador da COE Bradesco/Contrec, Gladir Basso, que é presidente da Federação dos Bancários do Paraná e que na ocasião representou o presidente da Contec, Lourenço Ferreira do Prado, e pelo secretário da COE, Breno Ferreira, do Sindicato dos e Bancários de Franca e Região, além da participação de 74 dirigentes sindicais de todo o Brasil (Contec, Federações, Sindicatos e delegacia da Contec no RS). Por parte do Banco, participaram Silvia Eduara e Priscila Mosca, ambas do Setor de Relações Sindicais do Banco.

O movimento sindical cobrou do Banco um esclarecimento com relação ao fechamento de agências, demissões e das transformações em unidades de negócio.

O Banco esclareceu que vem tomando decisões para se manter forte em um ambiente cada vez mais competitivo, porém a pandemia foi um acelerador de um processo que aconteceria possivelmente só no futuro. Mesmo assim, as unidades de negócio mantêm a presença com os clientes. Com relação ao fechamento de agências, ainda não há números nem locais definidos, pois há uma série de fatores a serem analisados, como economia, estudos locais, etc.

METAS
Outro assunto também muito debatido foi com relação as metas, principalmente neste período de pandemia, onde o Banco alegou que existe um estudo científico, em que são utilizados vários critérios, como por exemplo potencial de mercado, região, capacidade local, etc. Mesmo assim, a COE solicitou uma melhor avaliação dos critérios adotados.

Foram feitas várias explanações dos dirigentes sindicais dos problemas enfrentados pela categoria com relação ao teletrabalho, e o Banco deixou claro que o teletrabalho chegou para ficar, porém ainda não está sendo aplicado. Isso só ocorrerá após a pandemia. No momento o Banco está fazendo o que é possível devido às emergências pontuais, o que não pode acontecer é se tornar uma prática do gestor.

PLANO DE SAÚDE E NOVO PDVE
Algo de grande interesse dos funcionários do Bradesco é a possibilidade de se manter o plano de saúde após a saída do Banco. A representante do Bradesco anotou o pedido para levar para análise, porém deixou claro que no momento não é possível.

Como último assunto, foi solicitado pelo movimento Sindical a possibilidade da criação de um novo PDVE antes de possíveis demissões que venham a ocorrer no futuro, porém o Banco afirmou que não tem nem estudos para a criação de um novo PDVE.

Fonte: Federação dos Bancários do Paraná 

Diretoria Executiva da CONTEC

Últimas Notícias

FELIZ DIA DAS CRIANÇAS

No dia 12 de outubro traga seu filho para viver momentos incríveis. Teremos touro mecânico, futsabão, cama elástica, pipoca,...

CEBNN/CONTEC orienta pela APROVAÇÃO em assembleia

Em reunião finalizada na madrugada na desta quarta-feira (31), os representantes da FENABAN entregaram uma nova proposta para a Comissão Executiva Bancária Nacional...

CAMPANHA SALARIAL

A reunião presencial de negociação entre a CEBNN/CONTEC e representantes da FENABAN, terminou sem acordo para a PLR, cláusula debatida nesta quinta-feira...

CAMPANHA SALARIAL – CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

Terminou em São Paulo a reunião presencial de negociação entre a CEBNN/CONTEC e a Caixa Econômica Federal, que aconteceu na manhã desta...

Campanha Salarial 2022 – reunião de negociação CAIXA

Ocorreu dia 02 de agosto, às 10 horas , de forma virtual, a terceira rodada de negociações junto a Caixa Econômica Federal...