quinta-feira, julho 7, 2022

OFÍCIO 001-2021 – ENTIDADES CAIXA – MEDIDAS PANDEMIA

Brasília/DF, 15 de março de 2021
OFICIO 001/2021 – ENTIDADES REPRESENTATIVAS DOS EMPREGADOS CAIXA
Ilmo. Sr.
Pedro Duarte Guimarães
Presidente da Caixa Econômica Federal
Brasília – DF
Assunto: Medidas atenuantes de proteção aos empregados e clientes – COVID 19
Senhor Presidente,
1. Diante do recrudescimento da crise sanitária e da retomada do pagamento de Auxílio Emergencial
através da rede de atendimento da Caixa, expomos e requeremos o seguinte:
2.1 A estrutura de atendimento das agências encontra-se bastante comprometida, não só pela demanda
que há de vir, mas pelo quantitativo de empregados que deixaram a empresa nos sucessivos Planos de Demissão
Voluntária dos últimos anos, bem como aos trabalhdores em regime de home office, pertencentes ao grupo de
risco.
2.2 A elevada exposição ao contágio do coronavírus é real, tanto para os empregados quanto para os
clientes e beneficiários do Auxílio Emergencial, estes em situação de extrema vulnerabilidade.
2.3 A dispensa de recepcionistas e vigilantes externos fragilizou a qualidade e a celeridade do atendimento,
trazendo sérios riscos de conflitos e agressões, como se verificou na primeira fase do pagamento do benefício.
2.4 A continuidade da insistente cobrança de resultados, mesmo em condições adversas, tem levado os
gestores das agências a significativo estresse emocional e acometimento de enfermidades físicas e psíquicas, o
que pode ser constatado pelas unidades de pessoas.
3. Dadas as razões aqui trazidas, confiantes que V.Sa. há de ponderar a situação apresentada, requeremos
que seja viabillizada, com a urgência que a gravidade do tema impõe, a adoção de medidas no sentido de:
a) Viabilizar a vacinação dos empregados da Caixa, incluindo os que se encontram em home office,
atribuindo prioridade às equipes que atuam diretamente com o público;
b) Disponibilizar recepcionistas e vigilantes externos para dotar as unidades de condições de pleno
atendimento, mitigação de risco de conflitos;
c) Determinar a abstenção de medidas que visem atribuir aos gestores das unidades responsabilidade
sobre a existência de filas externas;
d) Suspender a cobrança de metas e o ranqueamento de unidades e empregados, enquanto perdurar a
situação atípica de mobilização para atendimento aos beneficiários do Auxílio Emergencial;
e) Ajustar o calendãrio de atendimento aos beneficiários do Auxílio Emergencial sem a inclusão dos
sábados, como forma de não sobrecarregar a jornada de trabalho dos funcionários que estão na linha
de frente;
f) E promover a suspensão de medidas que visem transferir ou movimentar empregados neste momento
agudo da pandemia.
4. Na certeza de que as presentes pretensões serão entendidas como sincera contribuição para que a
imagem da Caixa seja preservada e fortalecida e, principalmente, vidas sejam preservadas, contamos com seu
pronto deferimento.

Entidades representativas os empregados caixa

Últimas Notícias

Inscrições abertas para o 1⁰ Encontro CONTEC Mulher

Atenção bancárias, securitarias e cooperadas! Nesta sexta-feira (01), a CONTEC vai promover um encontro virtual, somente com mulheres.

Fundos de pensão de estatais têm rombo de R$ 24 bi, e governo vai brecar aportes extras

Os fundos de pensão de estatais voltaram a acumular déficit no primeiro trimestre deste ano, que chega a R$ 24,2 bilhões, segundo...

Datafolha: 1 em cada 4 brasileiros diz que falta comida em casa

Desemprego mais longo preocupa, e Auxílio Brasil chega a 22%, mostra pesquisa Mesmo com a leve desaceleração da inflação...

Entidade avalia ir ao Supremo contra decisão do STJ sobre planos de saúde

O assunto repercutiu no Congresso. Nesta quarta, o senador Fabiano Contarato (PT-ES) apresentou projeto de lei. Entidades ligadas a...