terça-feira, fevereiro 27, 2024

Fundos de pensão de estatais têm rombo de R$ 24 bi, e governo vai brecar aportes extras

Os fundos de pensão de estatais voltaram a acumular déficit no primeiro trimestre deste ano, que chega a R$ 24,2 bilhões, segundo dados da Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp). E isso após terem registrado um rombo de R$ 36,4 bilhões em 2020.

Pelas regras vigentes após a CPI dos fundos de pensão, em 2015, as entidades teriam que acionar um plano para equacionar o déficit com contribuições adicionais das empresas patrocinadoras e dos empregados. Ou seja, as estatais teriam que colocar dinheiro, juntamente com milhares de funcionários.

Mas, para evitar um desgaste político ao presidente Jair Bolsonaro a menos de cem dias das eleições, o governo deve impedir este aporte extra. O Conselho Nacional de Previdência Complementar (CNPC), deve suspender, em reunião marcada para quarta-feira, a obrigatoriedade de acionamento de plano para correção do déficit apresentado pelos fundos em 2021.q

O CNPC regula o regime de previdência complementar, e o governo tem maioria no colegiado.

Fonte:Extra

www.contec.org.br escrito por Assessoria Igor

Últimas Notícias

Imposto de Renda 2024: mudança na tabela progressiva afeta MEI? O que é DASN?

No início de fevereiro, o governo federal anunciou a atualização da tabela progressiva do Imposto de Renda (IR) com a isenção do pagamento para...

Desenrola das empresas: programa de renegociação de dívidas pode ter 8 milhões de beneficiados

Aproximadamente 6 milhões de microempreendedores individuais, além de outras 2 milhões de pequenas empresas que recolhem impostos pelo regime de tributação do Simples Nacional,...

Bancos não abrem no Carnaval

Agências bancárias de todo o Brasil não terão atendimento presencial na segunda-feira (12) e na terça-feira (13) de Carnaval. O funcionamento será retomado na Quarta-feira...

Relator no STF vota para permitir demissão de funcionário concursado de estatal sem justa causa

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou nesta quarta-feira para considerar constitucional a dispensa imotivada de empregado de...

CONTEC anuncia a criação do Conselho Contec Mulher

A Contec tem o prazer de anunciar a criação do Conselho Contec Mulher, uma iniciativa pioneira destinada a promover a igualdade de...