domingo, setembro 26, 2021

Fiocruz aponta maior colapso sanitário e hospitalar da história do Brasil

Nesta terça-feira (16), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgou mais uma edição do Boletim Extraordinário do Observatório Covid-19. De acordo com os pesquisadores a situação é crítica, definida com o maior colapso sanitário e hospitalar da história do país. O documento mostra que das 27 unidades federativas, 24 estados e o Distrito Federal estão com taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no Sistema Único de Saúde (SUS) iguais ou superiores a 80%.

Em relação às capitais, 25 das 27 estão com essas taxas iguais ou superiores a 80%, sendo 19 delas superiores a 90%. Os dados utilizados são das secretarias estaduais de saúde e do Distrito Federal, e das secretarias estaduais. O boletim é o resultado do material analisado desde 17 de julho de 2020.

https://cdn.jornaldebrasilia.com.br/wp-content/uploads/2021/03/17083554/boletim_alerta_m-1024x1024.jpgTaxa de ocupação (%) de leitos de UTI Covid-19 para adultos. Foto: observatório Covid-19

Com o objetivo de evitar que o número de casos e mortes se alastrem pelo Brasil, os pesquisadores defendem a adoção de medidas restritivas rigorosas, como a ampliação do distanciamento, uso de máscaras e o mais importante, aceleração na vacinação.

O Boletim destaca o município de Araraquara como exemplo de como as medidas restritivas para atividades não essenciais evitaram o colapso nos sistema de saúde. A região conseguiu reduzir as mortes e transmissão da doença com as ações de prevenção e controle.

Taxa de ocupação nas UTIs do DF

A taxa de ocupação dos leitos de UTI para adultos com Covid-19 no DF está em 98,61% na rede pública de saúde. Dos 409 leitos, 364 estão ocupados, 31 aguardam liberação e 14 leitos estão vagos. Das vagas disponíveis, apenas 5 são para adultos.

Fonte: Jornal de Brasília

Diretoria Executiva de da CONTEC

Últimas Notícias

Onyx sinaliza que pacote trabalhista voltará ao Congresso após rejeição no Senado

Senado rejeitou nova reforma trabalhista (MP 1.045/21) no começo deste mês O ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni (foto),...

Brasil tem 34,4% dos trabalhadores vivendo com até um salário mínimo

Nunca tantos brasileiros viveram com uma remuneração que equivale ao piso nacional ou menos: 30,2 milhões de pessoas. Reajustado apenas pela inflação,...

Banco do Brasil convida os funcionários que não integram grupo de risco para trabalho presencial

Na manhã desta quinta-feira (16), a CONTEC foi comunicada pelo Banco do Brasil, que – levando em conta as medidas protetivas atualizadas...

Febraban desembarca do governo Bolsonaro em oposição à política econômica de Guedes

Não foram a Caixa e o Banco do Brasil que desembarcaram da Febraban. É a Febraban que está rompendo com a política...

Contec se reúne com Advocef e AudiCaixa para debater situação da Funcef e SaúdeCaixa

Nesta terça-feira (31), a diretoria da CONTEC recebeu em sua sede representantes da Advocef e da AudiCaixa para tratar de assuntos institucionais...