terça-feira, dezembro 6, 2022

Câmara aprova orçamento de guerra sem compromisso de manutenção de empregos

A Câmara dos Deputados aprovou em primeiro turno, por 481 votos a 4, o texto-principal da proposta de emenda à Constituição (PEC) do orçamento de guerra. Foram contrários os deputados Cezinha Madureira (PSD-SP), Gilberto Nascimento (PSC-SP), Glauber Braga (Psol-RJ) e Átila Lira (PP-PI).

O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), agendou a votação em segundo turno para terça-feira (5), às 11h.

A proposta segrega cerca de R$ 700 bilhões do orçamento de 2020 para ações de combate ao coronavírus e permite ao Banco Central (BC) fazer compra direta de créditos, sem a intermediação de instituições financeiras.

O deputado Hugo Motta (Republicanos-PB) apresentou mais cedo nesta segunda-feira (4) versão atualizada do relatório da PEC (íntegra).

Duas mudanças foram feitas em relação ao texto aprovado pelo Senado. Como são supressões e não modificações de mérito, o texto não precisa voltar para análise dos senadores. Uma delas foi a retirada do trecho que obrigava as empresas beneficiadas pela matéria a não demitirem.

Outra alteração foi a exclusão do artigo que especificava quais tipos de créditos o BC podia fazer compra. Desta forma, o rol de possibilidade de compra do BC é ampliado.

As mudanças feitas pelo relator foram votadas de forma separada e aprovadas por 326 a 143 votos.

Os deputados rejeitaram os 8 destaques ao texto, que visavam modificar o texto principal. A maioria deles limitava a ampliação do poder do BC na compra de créditos ou retirava totalmente este trecho da PEC. O relator solicitou rejeição dos destaques, sob a justificativa de que eles poderiam levar o texto de volta ao Senado.

Um dos objetivos do texto – idealizado pelo presidente da Câmara,Rodrigo Maia (DEM-RJ) – é autorizar o governo a fazer gastos relacionados à pandemia sem ter de atender à limitação pela regra de ouro, que impede a União de gerar dívida para despesas correntes sem previsão orçamentária.

Desse modo, o Executivo fica liberado para destinar recursos ao Ministério da Saúde e adotar outras ações emergenciais em meio à crise do coronavírus sem o risco de incorrer em crime de responsabilidade fiscal, o que poderia ensejar inclusive um pedido de impeachment.

A proposta também pretende dar agilidade à execução de despesas com pessoal, obras, serviços e compras do governo durante o estado de calamidade pública.

Senado limita ampliação de poder do BC

O relator no Senado, Antonio Anastasia (PSD-MG), apresentou no dia 15 de abril  a última versão de seu parecer (íntegra) e acatou  restrições sobre a atuação do Banco Central na compra direta de crédito, além das já previstas no relatório anterior.

Anastasia atendeu a pedidos da oposição para que as empresas beneficiadas com esses créditos não usem os recursos para pagar lucros e dividendos de seus acionistas. O ponto referente à atuação da autoridade monetária foi o que suscitou mais debate entre os congressistas.

Anastasia também excluiu do texto a criação do Comitê Gestor da Crise, que seria presidido pelo presidente Jair Bolsonaro. O senador de Minas Gerais considera não haver necessidade de criação de um grupo para gerenciar o orçamento de guerra, já que pela Constituição Federal o Executivo já tem essa prerrogativa.

Fonte: Congresso em Foco

Diretoria Executiva da CONTEC

Últimas Notícias

Reunião entre CONTEC e Itaú trata da circular RP-52

Nesta quinta-feira (17), de forma virtual, a COE (Comissão de Organização dos Empregados) ITAÚ-Contec, coordenada pelo diretor da Feeb SC, Eduardo Israel,...

CONTEC e COE Santander debatem futuro bancário

Representantes cobram diálogo entre entidades sindicais e banco, encontro aconteceu em São Paulo Em São Paulo, o presidente da...

Informe Reunião COE Bradesco-CONTEC

O encontro ocorreu na quinta-feira (17), de maneira virtual escrito por Assessoria Sarah 18 de novembro de 2022

Lucro dos bancos sobe 20% e soma R$ 138 bilhões

Dados do Banco Central analisam os 12 meses acumulados até junho de 2022 e comparam ao mesmo período do ano anterior. Alta...

FELIZ DIA DAS CRIANÇAS

No dia 12 de outubro traga seu filho para viver momentos incríveis. Teremos touro mecânico, futsabão, cama elástica, pipoca,...